quarta-feira, 8 de julho de 2009

Stand Inside Your Love




Amor…
Como soa a eternidade…
Este pujante murmúrio no peito…

É por Ti que chama… Amor…
Vem…
Coloca a tua mão sobre o meu peito…
Sente… Amor…
O quão vigoroso é este ardor!

Quero-Te… Amor…
Aqui e agora…
No instante presente de cada momento…

Amo-Te… Amor!

2 comentários:

Pétala disse...

...e a inveja pecaminosa e inevitável, é isso que resta de mim, desta música..
A beleza já incomoda com a sua plenitude! A beleza já incomoda com a sua distância. Com a sua traição.

Tens sorte! Aproveita-a. E não dês ouvidos a uma invejosa como eu! Que está tão dentro desta música e não escreve poesia como tu.

Abraço ;)

Gothicum disse...

...love is on the air..depois não sei cantar mais...nem tenho voz! Guarda as coisas sagradas da tua vida...são únicas! Abraços amigo.